15 junho 2015

Resenha: Mentirosos

A resenha desta segunda não é apenas sobre um livro, é sobre expectativas e sobre spoilers. Porque para falar de "Mentirosos", eu preciso tocar nesses dois pontos.



Sinopse: "Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence - neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos.

Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu."

No ano passado 90% dos booktubers e blogueiros literários derramaram elogios para o livro "Mentirosos" e todos eles repetiam que não podiam dar muitos detalhes sobre a estória, que isso iria atrapalhar a leitura. Esses comentários só incitaram ainda mais a minha curiosidade sobre o livro de E. Lockhart, mas aquela preguiça de pegar um livro que você sabe muito pouco sobre.Quando peguei o livro para ler, devorei suas poucas páginas e desejei desesperadamente chegar a conclusão.

O livro utiliza de metáforas para descrever sentimentos e sensações de Candence, que é a narradora da estória. Eu gosto muito deste recurso, já li dois livros que utilizaram do mesmo "Estilhaça-me" e "Garotas de Vidro", então não me incomodo com o jeito poético do narrador. Gosto esse estilo narrativo te faz entender melhor a personagem.  E as personagens do livro para mim são o ponto forte da estória eles são bem construídos e cheio de camadas, principalmente, os membros da família Sinclair, afinal, eles vivem para esconder quem realmente são e o que sentem.

Além da narração metafórica o livro também tem alguns cortes na estória para inserções de contos de fadas criados por Candence, nessas pequenas fábulas temos um nova visão dos acontecimentos na vida de todas as personagens e também pistas para o desfecho da estória. Então fiquem atentos a todos os detalhes das narrativas de Candence, pode ser que elas te façam descobrir o mistério da família Sinclair.

Outro ponto muito positivo do livro são os diálogos, eles são inteligentes e encantadores, adoro esse tipo de interação e sinto falta disso nos livros contemporâneos. Acredito que os bons diálogos são favorecidos graça as boas personagens. Isso é notável nos momentos entre os mentirosos Cadence, Johnny, Mirren e Gat... ah Gat... o garoto mestiço que tem ideias modernas e pensamentos profundos para um jovem de 15 anos, me peguei desejando durante toda leitura, mais momentos estre ele e Candence.

"Mentirosos" não é apenas um livro com bons diálogos e boas personagens, o livro é cheio de críticas sociais. Gosto da maneira como a autora fala de disputa de heranças, preconceitos velados, fachadas, mentiras e amizade.

Adorei a leitura e irei indicar para várias pessoas, mas preciso dizer que fiquei um pouco decepcionada, porque esperava um final surpreendente que não pudesse ser algo que eu descobrisse antes das últimas páginas. Porém foi exatamente o contrário do que aconteceu, faltando menos da metade do livro eu já comecei a imaginar o que envolvia o acidente de Cadence e com um sonho eu já matei a charada. Acho que toda essa grande expectativa e o problema de se ter mais informações me fez ficar um pouco decepcionada e prejudicou na minha paixão pelo livro. Então você precisa de três informações: o livro é muito bem escrito, o final é sim surpreendente, mas dá para dar mais informações sobre a estória sem ser especificamente um spoiler.

Até o próximo post!

2 comentários:

  1. gostei bastante do livro tb, igual vc ja descobri o que iria acontecer, todos falavam que nossa eh surpreendente dms mas eu descobri bem no comecinho, eh so juntar os pontinhos e bum tu descobre, fiquei chocada c o meu pensamento e devorei o livro para saber se no final estava certa e acabou que estava sim... sobre aqueles pequenos continhos eu amei suhasuh o que foi impressionante, a maneira que a autora escreveu me deixou de boca aberta, o livro todo ne sausahua
    adorei tua resenha
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. No caso eu não consegui descobrir o final e achei também o livro muito bem escrito, mas sabe quando passa uns dois meses da leitura e você tenta mencionar o que tinha de bom e afinal de contas não acha nada? É o que comecei a sentir em relação a esse livro :/
    Essa coisa de a blogosfera sair gritando elogios aos livros está começando a me incomodar (isso é bem gritante com a editora seguinte!)

    Blog: Dei um Jeito

    ResponderExcluir

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo