08 julho 2013

Resenha: Três Metros Acima do Céu

Tem livros que são bons , mas que quando adaptados para o cinema ficam maravilhosos. Tenho que dizer que casos como esses são raros, porém não são inexistes. Todo esse discurso afastado da regra de que "o livro é melhor que o filme" é para apresentar o livro "Três metros acima do céu" do autor Federico Moccia, que eu só fui conhecer depois de ver sua adaptação cinematográfica.


Sinopse: "A paixão do mais improvável dos casais, Babi, uma patricinha de Roma, e Step, um motoqueiro bad boy, é a trama de Três Metros Acima do Céu , um romance que conquistou a juventude italiana, a ponto de, durante anos, circular em cópias xerocadas entre os leitores. Para viver o primeiro amor com toda sua intensidade, os protagonistas tentam se modificar, enquanto enfrentam a oposição da família da menina, o estranhamento dos amigos, as dificuldades de acertar o próprio relacionamento e de amadurecer. 
Babi, a excelente aluna de boa família, assusta os pais ao deixar de obedecer cegamente às convenções que até então regulavam sua existência, enquanto Step se surpreende ao perceber que o amor vai obrigá-lo a abandonar velhos hábitos e tratar com respeito a namorada que se prepara para seguir uma carreira universitária, algo muito distante do que o destino reservou para o jovem delinqüente. Entre pegas de moto, festas que varam noites, tatuagens, brigas homéricas, provas desesperadas de afeto e uma tragédia que mudará para sempre suas vidas, Step e Babi vivem uma incrível história de amor, cheia de reviravoltas e sentimentos à flor da pele, aquele tipo de paixão que só pode ser vivida quando se tem dezessete anos e acredita-se que tudo ainda é possível."

3MAC é um romance doce e realista em vários aspectos. Seus personagens tem características bem humanas e passam por dilemas bem reais. Seu enredo retrata o primeiro amor, às rebeldias e inseguranças da adolescência. Tudo isso passados na encantadora cidade de Roma, locação que dá um toque de romance de férias.

O livro é leve, mas Federico escreve de uma maneira com que aquelas estórias de amor tenham mais significado do que pode se imaginar. Tudo que acontece com seus personagens nos faz refletir sobre coisas que aconteceram com a gente. Isso é incrível, poucos são os autores que escrevem romances e conseguem dar profundidade a suas estórias, fazendo com que o leitor reflita.

Para mim uma das características mais maravilhosas de Moccia é a maneira como ele retrata a juventude, ele é daqueles que se lembra perfeitamente de como era naquela época. Ele consegue passar a imagem real dos sentimentos conturbados da adolescência , fazendo com que leitores que já passaram dessa fase retornem aos dias de confusão juvenil.

Os personagens de 3MAC são realistas por não serem perfeitos, nunca os amei ou odiei totalmente. Preciso confessar que a Babi me irritava profundamente, era é uma garotinha mimada que quer agradar e enfrentar os país ao mesmo tempo, sei que sua dubiedade é justificável pela idade e que eu mesma já fui assim, mas tenho um pouco de antipatia de mulheres indecisas. Acho que minha implicância com Babi é devido a minha grande afeição a Step, perdoem-me, mas sou apaixonada por personagens bad boy, principalmente pelos que tentam mudar por amor, e essa é a melhor descrição para ele.

O relacionamento dos protagonistas é algo que na vida real nunca daria certo, os dois são muito opostos. Dizer que não torci por um final feliz seria hipocrisia, afinal sou fã de contos de fadas, queria Step e Babi juntos rompendo com os parâmetros da realidade, para acreditar que romances entre bad boys e patricinhas são possíveis.

O livro tem um final inesperado, mas final melhor não existe, para mim naquele momento a estória já estava terminada, mas Moccia escreveu uma continuação que já está na lista de livros que irei ler. Federico Moccia me cativou com sua escrita e tenham certeza de que irei ler mais livros dele.

Sei que no começo desse post disse que gostei mais do filme que do livro, mesmo depois de tantos elogios ao mesmo. A película é uma adaptação, o nome já diz, por isso é de se esperar que algumas mudanças ocorressem, mas nada que estragasse a essência do livro de Federico. Mas a transformação da escrita em imagem é algo que envolve a gente, é como se sua imaginação virasse realidade diante de seus olhos, por isso sempre gosto de ver filmes inspirados em livros. Acho que a questão visual conta muito na hora do envolvimento.



Tenho que dizer antes de mais nada que minha preferência pelo filme pode ter sido causada pelo fato de tê-lo assistido antes de ler o livro, mas é inegável que a adaptação de 3MAC é deliciosa, claro que o aprofundamento do livro se perde no pouco tempo de filme, entretanto isso não prejudica a beleza da estória.

Indico o livro e filme pra todos os fãs de romance, porque 3MAC é bom de qualquer maneira.


Boa Leitura!
Até o próximo post!

9 comentários:

  1. Ótimo texto de resenha. Meus parabéns! Amei a maneira que vc usou para se expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura...a capa do livro é linda ela traz o universo como tema.
    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=78725243

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Oi Rafaela,
      A continuação se chama "Sou Louco Por Você".

      Excluir
  3. Respostas
    1. Oi Larissa,
      Não sei se tem 3º livro, eu pelo menos nunca li.

      Excluir
  4. Anjo e vc é uma resenhista maravilhosa, amei sua critica, vou me convenceu com muito requinte beijos!

    ResponderExcluir
  5. agora muito burro quem escreve um livro como esse mais não termina ficou tipo que uma história vaga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi o livro tem uma continuação, chama Louco por Você

      Excluir

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo