02 maio 2016

Resenha: Todo Seu

Depois de um quarto livro bem desnecessário finalmente a trilogia, que agora é série, Crossfire chegou ao fim. Diferente do volume anterior "Todo Seu" deu rumos diferentes a estória de Gideon e Eva.


Sinopse: "Gideon Cross. A coisa mais fácil que já fiz foi me apaixonar por ele. Aconteceu instantaneamente, de forma completa e irrevogável. Casar com ele foi um sonho realizado. Continuar casada com ele é a maior batalha da minha vida. O amor transforma, e o nosso é um refúgio e também a pior tempestade. Duas almas danificadas que se entrelaçaram.
Nossos votos foram apenas o começo. Lutar por esse casamento pode nos libertar... ou nos separar de vez."

Já  li  vários livros eróticos, mas nenhum me pegou, sempre achei as estórias sem sentido em que qualquer falta de assunto ou de criatividade se enfiava uma cena de sexo. Toda essas cenas do coito em si me cansavam profundamente, porque não quero saber como as personagens transam, quero saber muito mais sobre elas e nesses livro não temos nada de mais a não ser sobre como gozam, gemem ou ficam nus. Uns dos poucos livros do estilo que eu achei interessante foi os da série Crossfire, primeiro porque temos uma personagem feminina bem resolvida, personagens com problemas graves que são encarados como problemas e toques de mistério. Porém com a extensão da série comecei a achar Gideon Cross e Eva Tramell mais um casalzinho chato, porém o esse último livro conseguiu me convencer.

"Todo Seu" tem um pouco de "Profundamente Sua", que é um dos melhores livros da série, com um quê de mistério envolvendo a estória de amor obsessivo do casal  principal, e mudanças interessantes nas personagens, vemos uma evolução em cada uma e nas relações entre elas.  As cenas de sexo diminuem e dão lugar a discussões sobre o relacionamento e quanto em alguns momentos o casal tem uma relação doentia. Gostei que a todo momento Eva e Gideon sabem que o que vivem é surreal e que não é nem um pouco saudável. Os dois tentam se tronar um casa normal, mas com toques pessoais e achei isso bem legal para o desenvolvimento da estória.

Além do desenvolvimento do casal principal, gostei muito do mistério que foi mostrado neste último livro, mesmo ele tendo sido pouco desenvolvido, achei que foi um suspiro na trama central e um desvio para uma estória mirabolante. Gostei que pudemos enxergar outras personagens de uma maneira diferente.

Gostei muito do fechamento da série Crossfire, que claro evidente, não é nenhum "Orgulho e Preconceito", mas é uma boa leitura fácil e que mesmo abordando em alguns momentos casos de estupro e abuso, consegue ser  bem tranquilo para ler. Pra mim desbanca qualquer erótico que faz um sucessinho a mais por aí.

Até o próximo post!

Um comentário:

  1. Oi Mey tudo bem? depois do quarto livro me peguei pensando se valia mesmo a pena dar continuidade a serie/trilogia, para mim apenas 3 livros teriam bastado para autora completar a história mas enfim... concordo em tudo que você falou, a relação dos dois muitas vezes me chocou e ao mesmo tempo me prendeu e não conseguia largar, estou ansiosa para ver o desfecho desse casal tão atípico.

    XoXo

    http://www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo