20 abril 2015

Resenha: Harry Potter e a Pedra Filosofal

Sempre quis reler Harry Potter, mas sempre tive dois problemas com essa vontade, um era o fato de ter muita dificuldade em encontrar "A Pedra Filosofal" para comprar, e outro era o medo de ler depois de velha e a estória perder toda a magia que tinha a 12 anos atrás. Mas certo dia entrei na FNAC e encontrei todas os livros, sem ser edição econômica, em promoção. Então chegou o momento de falar sobre uma das estórias que mais marcaram a minha vida.


Sinopse: "Harry Potter é um garoto comum que vive num armário debaixo da escada da casa de seus tios. Sua vida muda quando ele é resgatado por uma coruja e levado para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Lá ele descobre tudo sobre a misteriosa morte de seus pais, aprende a jogar quadribol e enfrente, num duelo, o cruel Voldemort."

Entendam que o meu receio de reler essa estória, terminou assim que abri a a primeira página do livro. Foi como se tudo que eu senti quando tinha apenas 12 anos estivesse de volta. A primeira coisa que eu percebi foi a qualidade em criar uma estória bem amarrada, que a J.K Rownling tem. A autora é uma contadora de estórias nata. A maneira como ela escreve é simples, deliciosa e de qualidade, você consegue devorar o livro em pouco tempo. Ela tem a capacidade de conseguir terminar uma estória em um livro que faz parte de uma série, você nunca terminará um livro dela sem um fechamento.

"Harry Potter e a Pedra Filosofal" é o primeiro de sete livros, como já é de se esperar temos muitas explicações, estamos sendo inseridos a um novo universo, então é esperado que tenhamos esta introdução. Gosto que nós vamos descobrindo tudo junto com Harry, que também não sabe de nada daquele novo mundo, ele também precisa de explicações, o que torna tudo menos técnico.

Para quem tem dificuldades em guardar nomes "Harry Potter" pode ser um problema, porque temos diversos personagens todos com nomes diferentes e seus sobrenomes, mas se você tem uma boa memória vai se acostumar logo com todas aquelas pessoas.

Em "A Pedra Filosofal" temos um mistério e um problema a ser resolvido, gosto que vamos tendo pistas do que está acontecendo, até chegarmos ao clímax. E o clímax é algo totalmente inesperado, que vai deixar o novo leitor de boca aberta.

Gosto muito da maneira como J.K dosa bem os momentos de tensão e humor, na verdade acho o livro muito divertido, me peguei em vários momentos rindo feito uma louca para o livro. É um livro cheio de momentos de humor, aventura e tensão.

Mas o que eu mais gosto nessa estória são as personagens, é impossível não se encantar por todos e querer conviver com eles. São todos tão reais, temos crianças como qualquer outras, que tem problemas, preocupações e curiosidades normais, mas que podem fazer mágica. É como um sonho realizado, ser uma criança que pode voar, transformar as coisas e invocar outras.

J.K e Harry Potter não são um sucesso atemporal atoa, eles tem tudo. Uma série que é bem construída, divertida, envolvente e mágica. Se você ainda não leu e não descobriu o mundo bruxo, está perdendo o tempo de fazer parte de algo maravilhoso, porque Harry Potter é mais do que uma estória para crianças.


Até o próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo