03 março 2014

Resenha: Azul da Cor do Mar

Esse era um dos livros que eu mais estava ansiosa para ler esse ano, já resenhei outro livro da autora no ano passado. E contei o quanto adorei a escrita da minha conterrânea Marina Carvalho. O novo livro dela é tão delicioso e viciante quanto.


Sinopse: "ACASO, DESTINO ou LOUCURA? No caso de Rafaela, Pode ser tudo isso junto. Para alguém como ela, nada é impossível. Rafaela sonha desde a adolescência com o garoto que viu uma vez, perto do mar, carregando uma mochila xadrez... A idéia fixa não a impediu, porém, de ser uma menina alegre e muito decidida. Ela quer ser jornalista, e seu sonho está se concretizando: Rafaela Vilas Boas (um nome tão imponente para alguém tão desajeitado) conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais. Mas, como estamos falando de Rafa, alguma coisa tinha que dar errado. O jornal é mesmo incrível, mas seu colega de trabalho, Bernardo, não é a pessoa mais simpática do Mundo. Em meio a reportagens arriscadas – e alguns tropeços -, Bernardo acaba percebendo, contra a sua vontade, que Rafaela leva jeito para a coisa... E que eles formam uma dupla de tirar o fôlego. Mas e a mochila? E o garoto, o envelope, as cartas? Um dia a estabanada Rafaela vai ter que se libertar dessa obsessão."

Eu me apaixonei pelo livro na sinopse, tudo porque é a estória de uma estudante de jornalismo de Belo Horizonte, identifiquei totalmente. E enquanto fui lendo perdi a noção das horas e quando assustei já era noite e eu havia lido o livro todo, a escrita da Marina é viciante.

Marina continua escrevendo muito bem, só tive alguns probleminhas, não gostei da maneira como ela citava algumas marcas e nome de lugares, acho que isso tornou o livro em algo muio marqueteiro. Em alguns momentos em que ela citava alguém famoso e dava uma explicação também achei desnecessário, acho que o leitor tem que fazer essa associação sozinho. Tirando essas partes ela continua com uma ótima mão para fazes chick-lit.

Com as personagens do livro vivi uma espécie de amor e ódio, principalmente a Rafaela, que MEUSDEUSDOCÉU é uma lerda. Sério, entendo que ela criou uma imagem do garoto e queria alguém como ele, mas isso é uma loucura, tanto homem lindo e a fim dela e ela lembrando de um garoto que nem conheceu. O Bernardo, também foi a mesma coisa, não entendi a dele até agora, tratar mal as pessoas gratuitamente, mas como eu sou fã de um casca grossa me rendi aos encantos dele.

O livro é leve (em algumas situações até de mais), mas é delicioso. Seria aquele livro digno de leitura de férias de verão, em que só queremos algo para nos divertir. Recomendo a leitura sim, para quem curte uma boa comédia romântica.

Boa Leitura!
Até o Próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo