29 janeiro 2013

Resenha: The Tiger's Curse: A Viagem do Tigre


Como já mencionei nas resenhas dos outros dois livros de Collen Houck, “A maldição do Tigre” foi uma das melhores séries que li nos últimos tempos, e o terceiro livro da saga só veio para confirmar minhas palavras.

Estava tão ansiosa pelo lançamento de “A viagem do Tigre” que não me contive e comprei o livro na pré-venda, mas devido a alguns imprevistos o lançamento foi adiado por duas semanas, e durante essa espera prolongada eu quase morri de desespero. Mas quando ele chegou, eu não consegui lê-lo tão depressa quanto os outros dois, eu quis deliciar cada momento, e mesmo tendo procrastinado o fim, quando terminei desejei que “O destino do tigre” já estivesse à venda.

Sinopse: "Em sua terceira busca, a jovem Kelsey Hayes e seus tigres precisam vencer desafios incríveis propostos por cinco dragões míticos. O elemento comum é a água, e o cenário de mar aberto obriga Kelsey a enfrentar seus piores temores.Dessa vez, sua missão é encontrar o Colar de Pérolas Negras de Durga e tentar libertar seu amado Ren tanto da maldição do tigre quanto de sua repentina amnésia. No entanto o irmão dele, Kishan, tem outros planos, e os dois competem por sua afeição, além de afastarem aqueles que planejam frustrar seus objetivos."


A terceira parte da aventura de Kelsey, Ren e Kishan, Collen conseguiu a proeza de criar dois livros dentro de um, aconteceu tanta coisa e situações tão adversas umas das outras que eu tive a sensação de que o começo do livro fazia parte de outro. A autora dividiu o livro, primeiro temos a tentativa de Kelsey e Ren salvarem seu relacionamento, já que Dhiren se esqueceu de tudo que passou com a jovem, e em segundo a quebra de mais 6 horas da maldição.

Collen Houck conseguiu ser muito maldosa no começo, sofri muito com as tentativas de Ren e Kelsey de continuarem a namorar, já não basta ter torturado os fãs do casal com o final dos dois outros livros ela ainda tem que procrastinar o final feliz o máximo que pode. Além dessa tortura ela conseguiu transformar o doce Ren no maior cafajeste, fiquei com tanta raiva dele que tive que concordar com algumas atitudes da Kelsey (isso porque eu sempre acho as atitudes dela infantis). Enquanto havia o confronto entre os dois lá estava Kishan, sendo o ombro amigo qe espera por qualquer migalha do amor de Kelsey, isso me irritou profundamente, como que um homem tão maravilhoso como aquele pode ficar mendigando a atenção de uma mulher que está claramente enlouquecida de amor por outro?! Chego a pensar que ele só faz isso porque quer tudo que o irmão tem (me julguem Team’s Kishan). Mas tirando as partes que me revoltaram, posso dizer que Collen não perdeu a mão em escrever cenas de amor, ela ainda consegue me fazer prender a respiração e ficar com o coração acelerado em alguns momentos.

Na série de Houck as aventuras são incríveis e nesse livro também não foi diferente. As provas para quebrar parte da maldição, foram aquáticas e tiveram como seres incríveis dragões, um kraken e um tubarão gigante. Essas cenas me deixaram muito tensas, em alguns momentos achei que ela fosse dá uma de J.K Rowling e matar personagens que eu gosto.

A viagem do tigre foi um bom livro ( não melhor que os outros), mas me deixou um pouco em dúvida sobre o final dos personagens, já não sei se Ren e Kelsey vão ficar juntos (coisa que eu quero que muito que aconteça), ou o que será de Kishan. Aguardo ansiosamente “O destino do tigre”, que de acordo com a Editora Arqueiro sai nesse primeiro semestre de 2013.

Tenha uma boa leitura!
Até o próximo post!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo