10 janeiro 2013

Resenha: Os Instrumentos Mortais: Cidade de Vidro

Sinopse:"Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe."


Cidade de Vidro era para ser o livro que encerraria a série Os Instrumentos Mortais, mas devido ao sucesso ou a ganância, Cassandra Clare resolveu esticá-la. Mas isso não fez com que o livro deixasse de ter o clima de despedida.

O livro relata a visita de Alec, Isabelle, Jace e Simon a Alicante, Cidade de Vidro, eles buscam uma maneira de lutar contra Valentim. E Clary foi banida da viajem devido ao instinto super protetor de Jace, e como era de se esperar, ela com toda sua teimosia, consegue se esgueirar para Alicante através de um Portal.

O relacionamento de Jace e Clary nesse livro, me cansou um pouco é toda aquela história: eu te amo, mas não posso ficar com você (leia com uma voz bem esganiçada). Poxa, eu sei que esse casal tem uma infinidade de fãs, mas até agora eu não consegui sentir empatia pelos dois, acho que falta mais entrega: Fodas se somos irmãos, vamos fugir e viver esse amor loucamente. O Jace também não consegue me encantar, porque ele tem que resolver todos os problemas com sarcasmo e charme?! E pra quê se envolver com tantas garotas?! Sério, a Srta Clare vai ter que melhorar bastante o comportamento desse loiro se me quer como fã apaixonada.

Chega de falar de casal que eu não gosto, vamos falar de Tekpix (só pra descontrair as fãs de Jace que querem me matar), brincadeiras a parte, nessa resenha não podia faltar Alec e Magnus Bane (sim, eles são meu casal preferido), Cassandra conseguiu me deixar histérica por causa dos dois, eles protagonizaram, pra mim, a melhor cena do livro.

Nesse livro temos a entrada de um novo personagem: Sebastian Verlac, guardem esse nome. Ele foi o personagem que veio para solucionar todos os mistérios e tenho certeza que nos próximos livros ainda o encontraremos novamente. Eu gostei bastante do Sebastian, seu jeito obscuro (desculpa, gosto dos misteriosos) veio contrapor bastante o todo poderoso Jace.

Como mencionei no primeiro parágrafo o livro teve todo o clima de final, principalmente devido a batalha que ocorre nos últimos capítulos, tive a impressão de estar relendo a última batalha em Hogwarts, e isso é um puta elogio a jovem escritora Cassandra. Além desse detalhe, tivemos pela primeira vez um final de livro de TMI sem ser surpreendente ou chocante, foi como se um capítulo de toda a história fosse finalizado. Espero curiosamente a continuação, quero muito saber o que será feito depois desse final.

Tenha uma boa leitura!
Até o próximo post!

2 comentários:

  1. Estou doida pra ler esse livro. *-* haha
    Adorei seu blog! Seguindo!
    Beijos

    http://verbosdiversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo