03 agosto 2015

Resenha: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

Eu amo todos os 6 livros de Harry Potter, mas com certeza o meu favorito seria "Prisioneiro de Azkaban". Isso tudo porque acho que esse terceiro livro da série divide a estória em dois momentos, onde toda luz da magia começa a se perder na escuridão dos acontecimentos que virão.


Sinopse: "Agora com 13 anos, Harry Potter torna-se mais rebelde, desafiando os tios e os professores. Nas aulas com o professor Lupin, ele aprende como enfrentar os terríveis dementadores, que se alimentam da alma das pessoas, e são os guardiões da prisão de Azkaban, de onde fugiu Sirius Black.
Há indícios de que o prisioneiro possa estar na escola e, o que é pior, de que haja um traidor em Hogwarts. Inúmeras surpresas mostram que é preciso cuidado para reconhecer a distância entre a versão de alguns fatos e a verdade."

Se em todas as féria Harry é obrigado a aguentar os maus tratos dos tios, dessa vez a estória será um pouco diferente. O garoto começa a se cansar de todas as ofensas e finalmente ele explode. Nesse livro começamos a ver o bruxo entrando na adolescência, ele já não é aquele garotinho que vai aguentar os desaforos dos Dursley.

Harry começa seu terceiro ano em Hogwarts sabendo que está sob ameaça de um foragido de Azkaban, a prisão bruxa. Todos acreditam que Sirius Black, seguidor de Você-Sabe-Quem, está atrás do Menino que Sobreviveu. Então neste ano o garoto será vigiado, para que nada de mau o aconteça. Mas infelizmente os terríveis guardas de Azkaban causam mais pavor em Harry, do que a sensação de proteção.

A tensão é presente a todo momento neste livro, mas engana-se quem pensa que em "O Prisioneiro de Azkaban" o humor não existe, pelo contrário, pra mim esse é um dos livros mais divertidos de HP. Temos piadas ótimas e era impossível não dar gargalhadas durante a leitura (minha família achava que eu estava ficando doida). O humor de J.K é sarcástico e inteligente, nada muito paspalhão.

Além de ter boas piadas o livro é recheado de novidades, como o novo professor de Defesa  Contra Artes das Trevas, Remo Lupin, que consegue ser responsável pelas melhores aulas da disciplina. Ainda temos Hagrid com uma nova função na escola e uma estranha professora de Adivinhação.

A magia como sempre é encantadora, nesse novo livro iremos conhecer seres fantásticos como hipogrifos, bichos-papões, barretes vermelhos, Kappas, Grindylow, lobisomens e animagos. Tem também objetos fantásticos, como o INCRÍVEL Mapa do Maroto, que é a chave para muitos mistérios na estória. Neste terceiro volume também conhecemos o feitiço do Patrono, que é o único capaz de afastar os guardas de Azkaban.

Além de estar sendo perseguido por um fugitivo da justiça e ter que lidar com todas as tarefas da escola, Harry também terá que se prepará para conquistar, pela primeira vez, o Campeonato de Quadribol. E MEUDEUS! o que são as partidas de quadribol deste livro, são de roer as unhas, mas fantásticas.

O desfecho do livro é surpreendente e conhecemos mais sobre a vida dos pais de Harry e até mesmo do professor Snape. O que acontece no final do livro e uma certa previsão já nos dá ideia dos perigos que Harry vai enfrentar no próximo livro. A fuga e o encontro de um certo personagem com Lorde Voldmort, vai ser o começo das trevas para o mundo bruxo.

Até o próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo