29 maio 2014

Anime: Inari, Kokon, Koi Iroha

Esse ano acho que estão faltando animes que me cativem, nada do que lançaram me fez viciar. Acho que o principal motivo é o fato das estórias terminarem incompletas, e isso não é diferente com o anime que eu vou falar hoje.


Sinopse: "A história gira em torno de Fushimi Inari, que está perdidamente apaixonada por seu colega de classe Tanbabashi. Entretanto, quando ela tenta conversar com ele acaba humilhando ele diante de toda a classe. Depois do ocorrido ele se nega a aceitar suas desculpas, e ainda por cima ela descobre que ele parece só ter olhos para a bela Sumizome, uma colega de classe deles. Inari acaba invocando uma deusa-raposa, Uka-no-Mitama-no-kami, e lhe pede para se tornar a Sumizome. A deusa concede-lhe então o poder de mudar de forma, só que para isso a deusa quebra uma regra e pode acabar sendo punida, junto com a humana que ela ajudou."


"Inari, Kokon, Koi Iroha", me lembrou "Kamisama Hajimemashita", com essa estória de deus que passa sua divindade para mortal, a diferença é que ao invés de um deus raposa homem é uma mulher. Claro que são diferentes, mas é inegável a semelhança. Inari, Kokon é mais puxado para o lado da amizade, da vontade de se aproximar dos humanos, que os deuses possuem.


Não gostei muito do anime, porque achei que teve pouco desenvolvimento na estória. Por exemplo, a paixonite de Inari do Tanbabashi, que é o que causa todo problema, não foi desenvolvida, não teve um desenrolar e tudo continuou na mesma. Aí, como já havia desistido desse casal, acabei me apegando no casal Uka como o irmão da Inari (que nem me lembro o nome), porém também não desenvolveu nada.

As personagens do anime também não são lá grande coisa, a Inari é uma menininha inocente, com vozinha irritante(clichê,clichê,clichê). O seu irmão é igual a todos os outros irmãos mais velhos de outros animes. A Uka no começo eu gostava, com seu jeito otaku de ser, porém do nada ela abandonou o vício de vido games. Duas personagens me agradaram, pelo quesito inusitado, Sumizume que tinha tudo para ser a menina linda que todos querem ter, se mostrou ser totalmente contrária as expectativas.


"Inari, Kokon, Koi Iroha" é um anime com mais do mesmo, com uma trilha sonora fraca, personagens clichês e final bobinho.


Um comentário:

  1. Concordo ...o anime é romance entre dois adolescente e não teve nada disso acho que o final poderia ter sido os dois juntos e etc..gostei mais o fim não foi bom a uka deveria ter ficado com o irmão da inari

    ResponderExcluir

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo