13 fevereiro 2017

Resenha: Jantar Secreto

Sinopse: "Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de sucesso na capital fluminense. Mas o dinheiro está curto e o aluguel está vencido. Para sair do buraco e manter o apartamento, os amigos adotam uma estratégia heterodoxa: arrecadar fundos por meio de jantares secretos, divulgados pela internet para uma clientela exclusiva da elite carioca. No cardápio: carne humana. A partir daí, eles se envolvem numa espiral de crimes, descobrem uma rede de contrabando de corpos, matadouros clandestinos, grã-finos excêntricos e levam ao limite uma índole perversa que jamais imaginaram existir em cada um deles."

Finalmente Raphael Montes escreveu um novo livro, e como sempre temos uma história cheia de mistérios, reviravoltas e personagens odiosos. Exatamente, eu sempre tenho muita dificuldade em sentir empatia pelos personagens dele, mas em "Jantar Secreto" foi ainda pior, cada um pior do que o outro e olha que temos um grupo de amigos bem diversos.

Já comentei em outras resenhas de livro do Raphael que gosto muito da escrita dele, porém alguns pontos me incomodavam, mas nesse novo livro é possível ver claramente o amadurecimento da escrita dele. Claro, que a assinatura dele está bem ali, você pega o livro e rapidamente identifica que é dele, mas agora ele se afasta de clichês e de erros cometidos nos livros anteriores.

Pra mim um dos pontos fortes desse novo livro é que a história é muito trash, então ao mesmo tempo que tem toda aquela tensão, ele conseguiu fazer a gente rir. É tudo tão surreal ou até mesmo real, afinal, temos deep web para nos lembrar de que tudo é possível. Gosto muito de todo desenrolar e o final eu curti bastante, mas não vou negar que por meio das pistas consegui desvendar um certo mistério da história faltando 100 páginas.

Concluindo, o livro é viciante, tal como carne de gaivota, é divertido e digno de um filme de Quentin Tarantino (assista Os oito odiados). Ou seja, temos mais um livro incrível do Raphael e que pra mim foi o melhor até agora.

Até o próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo