14 dezembro 2015

Resenha: Harry Potter e a Ordem da Fênix

E chegamos ao maior livro da série de Harry Potter, o calhamaço de 700 páginas é cheio de reviravoltas e causa sentimentos conflitantes. Tenho boas lembranças de quando o livro foi lançado e a leitura atual foi tão deliciosa quanto a outra.


Sinopse: "Harry Potter vai começar seu quinto ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Está desesperado para retornar à escola e descobrir por que seus melhores amigos, Rony e Hermione, andaram tão misteriosos durante as férias. Porém, o que o jovem bruxo está prestes a descobrir nesse novo ano em Hogwarts vai provocar uma grande reviravolta em seu mundo."

Depois do ressurgimento de Voldemort no Torneio Tribuxo, o mundo mágico vive uma maquiagem através do Ministério da Magia e do Profeta Diário (uma crítica velada de J.K a manipulação da população). Harry está preso a rua dos Alfeneiros, sem ter ideia do que acontece no mundo bruxo.

Em "A Ordem da Fênix" Harry está com 15 anos e vive momentos difíceis depois dos acontecimentos macabros de "O Cálice de Fogo", e mesmo tendo problemas enormes ele ainda é um adolescente, que tem que lidar com ataques de fúria, mau humor, paixões e rebeldia. Então nesse quinto livro temos um Harry extremamente chato, que vive reclamando que ninguém lhe dá atenção e que ele é sim um adulto que consegue lidar com as situações (ele falhou miseravelmente nesta). Mas mesmo em alguns momentos em que você queira entrar na estória e dar uma sacudida nele, você consegue entender todos os motivos de sua revolta.

O livro é enorme então temos várias fases, primeiro temos Harry com os tios trouxas, depois Harry conhecendo a Ordem, depois Hogwarts, problemas em Hogwarts e por fim o desfecho da estória. Mesmo sendo um livro longo "A Ordem da Fênix" não é cansativo, pelo contrário é um dos livros mais dinâmicos da série.

Em meio a todas as reviravoltas temos novas personagens como Tonks, Monstro, Belatriz Lestrange (DIVA!), Dolores Umbrigde, Luna Lovegood e Grope. Como a grande maioria dos personagens de J.K Rowling cria, são todos maravilhosos e complexos e pela primeira vez temos uma vilã que é de toda ruim, que é impossível sentir empatia.

Nesse quinto episódio o mistério em torno do ódio de Voldemort por Harry. Começam ser reveladas parte do quebra cabeça do passado de todos, as dicas da ligação de Harry com o Lorde das Trevas. J.K começa a juntar os pedaços da estória.

Mesmo sendo um livro mais sombrio, é impossível não rir em alguns momentos. Adoro que mesmo no meio de tanta confusão tem aquele alívio cômico que deixa a leitura deliciosa. Sempre me divirto com Neville, Fred e Jorge, os Dursley, McGonagall, Filch, Luna e Pirraça. A Rowling sempre acerta no humor, mas esse livro é um dos mais tristes, porque temos de nos despedir de algumas pessoas. E começamos a perceber que a guerra uma hora vai chegar e que entes queridos podem morrer.

O início dos dias sombrios, essa é a melhor descrição de  "A Ordem da Fênix". Daqueles livros em que tudo começa a mudar e já sentimos que o fim está próximo.

Até o próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo