11 maio 2015

Resenha: Trilogia Grisha - Sombra e Ossos

Sou um fã de livros de fantasia e na minha estante devem ter mais livros do gênero do que qualquer outro. Sempre vivo em busca de estórias mágicas e há muito tempo não nada que me encantasse, desde "A Maldição do Tigre", isso até começar a ler a trilogia Grisha.


Sinopse: "Alina Starkov nunca esperou muito da vida. Órfã de guerra, ela tem uma única certeza: o apoio de seu melhor amigo, Maly, e sua inconveniente paixão por ele. Cartógrafa de seu regimento militar, em uma das expedições que precisa fazer à Dobra das Sombras – uma faixa anômala de escuridão repleta dos temíveis predadores volcras –, Alina vê Maly ser atacado pelos monstros e ficar brutalmente ferido. Seu instinto a leva a protegê-lo, quando inesperadamente ela vê revelado um poder latente que nunca suspeitou ter.
A partir disso, é arrancada de seu mundo conhecido e levada da corte real para ser treinada como um dos Grishas, a elite mágica liderada pelo misterioso Darkling. Com o extraordinário poder de Alina em seu arsenal, ele acredita que poderá finalmente destruir a Dobra das Sombras.
Agora, ela terá de dominar e aprimorar seu dom especial e de algum modo adaptar-se à sua nova vida sem Maly. Mas nesse extravagante mundo nada é o que parece. As sombrias ameaças ao reino crescem cada vez mais, assim como a atração de Alina pelo Darkling, e ela acabará descobrindo um segredo que poderá dividir seu coração – e seu mundo – em dois. E isso pode determinar sua ruína ou seu triunfo."

A trilogia Grisha, de Leigh Bardugo, foi lançada em 2013 aqui no Brasil pela Editora Gutemberg, que fez um trabalho maravilhoso porque a diagramação do livro está espetacular, a capa é bem semelhante a versão americana, um pouco aveludada, os inícios dos capítulos tem uma ilustração maravilhosa, o mapa nas primeiras páginas está perfeito e adorei as folhas mais grossas da edição. Só por essa qualidade já é uma leitura prazerosa.

Leigh Bardugo usa a Rússia como inspiração, por isso temos muitos mitos e palavras russas na estória. Adorei que a autora usou uma mitologia nova, algo muito diferente do que nós temos disponível. Acho a Rússia extremamente mágica e encantadora (acho que assisti Anastásia demais quando era criança), então fiquei apaixonada pela estória de "Sombra e Ossos" logo nos primeiros capítulos. Mas não só por isso, gostei muito da escrita de Leigh é fluída  e mesmo quando ela apresenta seu mundo, não é algo cansativo ou desgastante, as páginas vão passando rapidamente e você quer descobrir ainda mais sobre Ravka, a Dobra das Sobras, Grishas, Os Alta, Darkling e tudo mais. Fora que a mitologia que ela criou é muito mágica e você se vê hipnotizado com as criaturas mágicas que ela apresenta.

As personagens do livro são fáceis de conquistar a simpatia, gostei de Alina e Maly desde o princípio, achei a amizade dos dois muito bonita, mas senti que eles foram pouco aprofundados. Mas se eles ainda não foram muito revelados as personagens secundárias são cheias de camadas e segredos, Genya a grisha que é tratada apenas como uma criada rainha e o misterioso Darkling, que de tão assustador chega a ser encantador.

Por falar em Darkling (momento fangirl) preciso dizer que o poderoso grisha me fez suspirar em vários capítulos, o poder dele parece que emana das páginas dos livros. Acho que ele ainda tem muitos segredos que serão desvendados ao longo da trilogia e talvez ele não seja o que aparenta ser.



O enredo do livro é cheio de reviravoltas e surpresas, quando dei por mim ele já estava no fim e o final de "Sombra e Ossos", eu não sei explicar o que senti, não sei se gostei, se odiei, criou uma confusão de sentimentos. Só sei que me arrependi profundamente de não ter comprado a trilogia toda de uma vez, porque eu precisava de "Sol e Tormenta" no momento em que li a última frase. Expectativas elevadíssimas com essa trilogia e espero ter encontrado uma estória de fantasia que me torne uma fã fervorosa.

Até o próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo