07 março 2016

Resenha: Sejamos Todos Feministas

Durante toda essa semana o blog terá posts sobre as mulheres, uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Para iniciar essa maratona a resenha de segunda é do "livro" "Sejamos Todos Feministas "da Chimamanda Ngozi Adichie, que é um resumo do discurso dela durante uma palestra que ela deu para o TED.


Sinopse: "O que significa ser feminista no século XXI? Por que o feminismo é essencial para libertar homens e mulheres? Eis as questões que estão no cerne de Sejamos todos feministas, ensaio da premiada autora de Americanah e Meio sol amarelo."A questão de gênero é importante em qualquer canto do mundo. É importante que comecemos a planejar e sonhar um mundo diferente. Um mundo mais justo. Um mundo de homens mais felizes e mulheres mais felizes, mais autênticos consigo mesmos. E é assim que devemos começar: precisamos criar nossas filhas de uma maneira diferente. Também precisamos criar nossos filhos de uma maneira diferente."Chimamanda Ngozi Adichie ainda se lembra exatamente da primeira vez em que a chamaram de feminista. Foi durante uma discussão com seu amigo de infância Okoloma. Não era um elogio. Percebi pelo tom da voz dele; era como se dissesse: Você apoia o terrorismo!. Apesar do tom de desaprovação de Okoloma, Adichie abraçou o termo e em resposta àqueles que lhe diziam que feministas são infelizes porque nunca se casaram, que são anti-africanas, que odeiam homens e maquiagem começou a se intitular uma feminista feliz e africana que não odeia homens, e que gosta de usar batom e salto alto para si mesma, e não para os homens.Neste ensaio agudo, sagaz e revelador, Adichie parte de sua experiência pessoal de mulher e nigeriana para pensar o que ainda precisa ser feito de modo que as meninas não anulem mais sua personalidade para ser como esperam que sejam, e os meninos se sintam livres para crescer sem ter que se enquadrar nos estereótipos de masculinidade. Sejamos todos feministas é uma adaptação do discurso feito pela autora no TEDx Euston, que conta com mais de 1 milhão de visualizações e foi musicado por Beyoncé."

O livro de Chimamanda é bem curto  e em apenas 10 minutos você consegue ler ele inteiro, além da quantidade de páginas a escrita da autora também faz com que a leitura seja rápida e fluida. Mesmo sendo um livro fácil de ler, "Sejamos Todos Feministas" não é um raso e nem se trata de um assunto banal, como o título já diz o tema abordado é o Feminismo. Mas diferente do que se espera o livro é uma introdução ao movimento não só as mulheres, mas todo mundo, afinal sejamos TODOS feministas.

A autora começa contando sobre o seu primeiro contato com o termo feminista e o quanto isso foi posto a ela de forma negativa e que ela tentava fugir desse esterótipo, por acreditar que a feminista era infeliz, não gostava de africanos e detestava os homens, erros que comumente ouvimos por aí. Durante seu discurso ela vai dando argumentos para provar que isso não existe e que o feminismo é apenas a busca por direitos sociais e políticos iguais.

Adichi dá exemplos de situações que ela passou, sendo mulher e nigeriana, em que a presença dela não denota pontos apenas pelo fato de ser mulher. Ou que ninguém lhe desse valor por ser feminina ou por não se comportar com os padrões da sociedade machista.

O livro é incrível e é uma ótima introdução para quem ainda não sabe o que significa ser feminista e que você não precisa ser uma mulher para defender as ideias do movimento. Leitura mais que obrigatória.

Até o próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo