30 outubro 2011

Hallowen e Cisnes

O Hallowen tá chegando e as festas à fantasia começam a surgir, as garotas tentem a seguir uma regra que eu aprendi assistindo "Mean Girl": "O Halloween é a única noite do ano em que as garotas podem se vestir de forma vulgar sem que as outras possam falar alguma coisa." Não estou dizendo que as fantasias são ruins, mas é sempre a mesma coisa. E a ex-amiga de Paris Hilton, Nicole Richie, fez um apelo em seu facebook,  muito legal:  “Garotas, podemos fazer um pacto de não apelarmos pra vulgaridade esse ano? Sério, a piada já passou.” E ela está certa, vamos ter um pouco mais de criatividade e criar fantasias que não envolvam, meias sensuais, cinta liga, duplo sentido e caráter sexual.




O meu post não foi só para falar sobre isso, eu queria falar um pouco sobre a minha fantasia (eu também fui a uma festa a fantasia). Quando eu resolvi ir a essa festa, surgiu um dilema: "De que eu vou fantasiada?", eu queria uma coisa diferente e que combinasse comigo. Depois de pensar muito, eu decidi que iria de cisne negro, porque eu poderia ser a única vestida desse jeito, porque eu adoro o filme, porque o "Lago dos Cisnes" é uma das minhas histórias favoritas e porque o sonho da minha vida era ser bailarina. Mas depois de revirar Belo Horizonte de cabeça para baixo, atrás de um tou tou preto, eu decidi ir de Cisne Branco. E como eu já imaginava, a maioria das pessoas não sabia do que eu estava fantasiada, por isso eu resolvi criar esse post, para contar a história do balé composto por Tchaikovsky.


Minha fantasia customizada pela minha mãe. 

O collant, tou tou e meia calça, são da Balé Mania. E o sapato é uma Melissa Disco

Inspirações e tutoriais:

Natalie Portman em "Cisne Negro"

Desde criança eu já gostava da história do "Lago dos Cisnes", porque já houveram diversas adaptações, duas que eu me lembro muito bem (marcaram minha infância): "A Princesa Encantada" e "Barbie e o lago dos Cisnes" . Mas o final é alterado, para não traumatiza as criancinhas. O Lago dos Cisnes  é um balé dramático em quatro atos do compositor russo Tchaikovsky e com o libreto de Vladimir Begitchev e Vasily Geltzer. A sua estreia ocorreu no Teatro Bolshoi em Moscovo no dia 20 de fevereiro de 1877, sendo um fracasso não por causa da música, mas sim pela má interpretação da orquestra e dos bailarinos, assim como a coreografia e a cenografia. O balé foi encomendado pelo Teatro Bolshoi em 1876 e o compositor começou logo a escrevê-lo.

História:

"O príncipe Siegfried ganha de sua mãe uma festa para comemorar seu 21 anos, mas ele terá que escolher uma esposa entre as convidadas da festa. Quando os convidados vão embora, um grupo de cisnes brancos passa pelo castelo, despertando o interesse do príncipe, que decide caça-los. Ao segui-los o Siegfried descobre que as aves são na verdade a princesa Odette e suas donzelas, que foram transformadas em cisnes pelo mago Robarth (que tem a forma de uma ave de rapina), elas só voltam a ser humana à noite. E o feitiço só será quebrado por um homem que amar apenas a princesa. Louco de paixão o príncipe jura a Odette que será quem quebrará a maldição.
 Na corte a rainha apresenta a Siegfried um nobre e sua filha, que possui a mesma aparência de Odette, mas na verdade é Odille uma feiticeira e Robarth em trajes de nobre. Enfeitiçado pelo cisne negro, o príncipe declara seu amor a impostora e a escolhe como sua futura esposa, quebrando o juramento que fez ao cisne branco. Arrasada Odette é consolada pelos outros cisnes, quando o amado aparece e explica que foi enganado pelo mago e a feiticeira. A princesa cisne perdoa o príncipe e os dois juram amor eterno. Revoltado com o amor dos dois o mago decide se vingar, inundando as margens do lago, Odette e suas donzelas voltam a ser cisnes e o príncipe desesperado se afoga. A princesa tomada pela dor da perda, morre em seguida."

Dança dos Cisnes - Bolshoi

Dança do Cisne Negro - Kirov

Solo Odette - Moscow



Trágica história, mas linda demais, sem contar que as músicas do Tchaikovsky são maravilhosas. Depois de pesquisar mais sobre a história, fiquei mais feliz por ter ido de cisne branco, porque me identifico mais com a Odette do que com a Odille.
Tenham um bom Hallowen, até o próximo post!







Um comentário:

  1. Eu não conheço tão bem a história que se passa, mas pelo que percebi, o cisne branco é bem a sua cara mesmo. Sobre Tchaikovsky, nem preciso comentar.
    Outra coisa boa, foi vc não ter assado na festa com sua fantasia leve e refrescante, rsrs
    beijo !

    ResponderExcluir

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo